CUFA realiza na África 1ª Conferência Internacional das Favelas

  • 19/05/2024
(Foto: Reprodução)
No último sábado (18), a Central Única das Favelas esteve na República Centro-Africana, que recebeu o encontro no continente africano. Lideranças locais se reuniram com representantes brasileiros para trocar experiências e desenvolver temas para o G20, que acontece em novembro, no Rio de Janeiro. No último sábado (18), a República Centro-Africana recebeu a 1ª Conferência Internacional das Favelas na África Reprodução redes sociais A Central Única das Favelas (Cufa) realizou no último sábado (18) a 1ª Conferência Internacional das Favelas (CIF20) na África, onde debateu temas como a desigualdade, inovação, empreendedorismo e diversidade. O evento faz parte do Fórum Mundial das Favelas, que tem como objetivo reunir moradores de periferias de todo o mundo para elaborar propostas e debates para o G20 Social, um dos braços do encontro das 20 maiores economias do planeta, que esse ano acontece em novembro no Rio de Janeiro. No último sábado, a reunião aconteceu em Bangui, capital da República Centro-Africana, um dos três países africanos que vão receber uma das etapas do Fórum Mundial das Favelas. No último sábado (18), a República Centro-Africana recebeu a 1ª Conferência Internacional das Favelas na África Reprodução redes sociais Organizado pela Cufa, o projeto teve início no dia 29 de abril, com um encontro no Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Em seguida o fórum começou seu 'tour' internacional. Luxemburgo, Suécia, Bélgica e Inglaterra, na Europa, Rússia, Cazaquistão e Uzbequistão, na Asia, também sediaram etapas do projeto. Após o evento na República Centro-Africana, o grupo liderado pela Cufa segue para República Democrática do Congo, onde voltam a se reunir na próxima segunda-feira (20). Essa primeira etapa do projeto se encerra no dia 22, em Moçambique. Ao todo, o Fórum Mundial das Favelas pretende visitar mais de 40 países. Encontro na África O produtor cultural carioca e fundador da Cufa, Celso Athayde, é um dos líderes do Fórum Mundial das Favelas e esteve em Banguí no último sábado. No local, ele falou sobre a importância de ouvir os moradores periféricos africanos. "Hoje estivemos também na República Centro-Africana, junto ao nosso time da Cufa para entender as demandas que eles pautam, para levarmos ao G20.Vamos juntos que ainda temos muito mais para ouvir, aprender e integrar", escreveu Athayde em suas redes sociais. Celso Athayde (centro) com lideranças africanas em Banguí, durante o Fórum Mundial das Favelas no último sábado. Reprodução redes sociais Athayde celebrou a presença da Cufa no país e a oportunidade de trocar experiências com os moradores da República Centro-Africana. "Uma conferência que trouxe muita energia, não poderia acabar de forma diferente! Foram muitas trocas e muitas propostas que irão trazer ainda mais relevância para nossas pautas que serão agregadas ao G20 Social", disse. "Foi incrível, compartilhar de ideias, competências, experiências e aprendizado! Uma certeza de que nossa missão em trazer a importância da transformação, irá ter grandes frutos", completou o produtor cultural. Lideranças locais se reuniram com representantes brasileiros para trocar experiências e desenvolver temas para o encontro das 20 maiores economias do mundo, em novembro, no Rio de Janeiro. Reprodução redes sociais

FONTE: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2024/05/19/cufa-realiza-na-africa-1a-conferencia-internacional-das-favelas.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1.

top2
2.

top3
3.

top4
4.

C

top5
5.

Anunciantes